Pare de tentar ser feliz e descubra a verdadeira felicidade

O que é felicidade? O que você está fazendo para ser feliz ? Você realmente é feliz?

Existem respostas diferentes para essas perguntas, mas por exemplo: “Você ficaria feliz em comprar um carro novo, uma casa, viajar pelo mundo, passar mais tempo com seus amigos ou família, ganhar na loteria, casar, ter filhos, etc. ”

A maioria dessas sensações entram em sua vida por alguns dias e depois desaparecem. Essas são felicidades momentâneas e não podem fazer você feliz por muito tempo.

O que é a verdadeira felicidade?

As pessoas entram em relacionamentos ou casamentos porque buscam a felicidade no parceiro e, de repente, depois de uma briga ou discussão elas sentem que a felicidade se foi.

Mas você não acha que a felicidade deveria significar muito mais do que simplesmente depender de coisas materiais, lugares ou outras pessoas?

A verdadeira felicidade precisa vir de dentro de você. A verdadeira felicidade é desfrutar da sua própria companhia e viver em paz e harmonia com seu corpo, mente e alma. 

Para ser verdadeiramente feliz, você não precisa de outras pessoas e nem de coisas materiais.

Pare de tentar ser feliz

Se você precisa se esforçar para ser legal, você nunca será legal. Se você precisa tentar ser feliz, nunca será feliz. Talvez o problema hoje em dia seja que as pessoas estão tentando demais.

Felicidade, como outras emoções, não é algo que você obtém, mas algo que habita você. 

Assim como um homem confiante não se pergunta se está confiante, um homem feliz não se pergunta se está feliz. Ele simplesmente é!

Isso se confunde bastante, principalmente, porque a felicidade é comercializada como uma meta de vida. Compre isso e seja feliz. Aprenda aquilo e seja feliz. 

Felicidade não é o mesmo que prazer

Quando a maioria das pessoas buscam a felicidade, na verdade, buscam prazer: por meio da comida, sexo, mais tempo livre, um carro novo, festas com amigos, e assim por diante.

Mas prazer não é o mesmo que felicidade. O prazer está sim correlacionado com a felicidade, mas não é sua principal causa. 

Pergunte a qualquer viciado em drogas como foi a busca pelo prazer. Pergunte a uma adúltera que destruiu sua família e perdeu seus filhos se o prazer a deixou feliz. Pergunte a um homem que quase se matou, até que ponto a busca pelo prazer o deixou  feliz.

O prazer é uma ilusão. Pesquisas mostram que pessoas que concentram sua energia em prazeres materiais e superficiais acabam mais ansiosas, mais emocionalmente instáveis ​​e menos felizes a longo prazo. 

O prazer é a forma mais superficial de satisfação que a vida proporciona e, portanto, a mais fácil. Prazer é o que é comercializado para nós. É nisso que nos fixamos. Mas o prazer, embora necessário, não é suficiente. Sempre é preciso buscar algo mais.

Felicidade não é o mesmo que positividade

Provavelmente, você conhece alguém que sempre parece insanamente feliz, independentemente das circunstâncias ou da situação. Negar emoções negativas leva a emoções negativas mais profundas, prolongadas e até mesmo disfunções emocionais.

É uma realidade simples: As coisas dão errado. As pessoas nos chateiam. Erros são cometidos e emoções negativas surgem. 

E tudo bem. As emoções negativas são necessárias e saudáveis ​​para manter a estabilidade na vida de qualquer pessoa.

Há muitas pessoas por aí que ensinam  a ideologia “sempre seja positivo”. Se o seu padrão de felicidade é que você está sempre feliz, não importa o que aconteça, então você precisa rever sua realidade.

Eu acho que parte do fascínio da positividade obsessiva é a maneira pela qual somos comercializados. Parte disso está sendo relacionando ao conceito de felicidade que a mídia nos vende constantemente. 

Outro problema é que algumas pessoas da area de auto-ajuda querem que você sinta que há algo errado com você o tempo todo.

Ou talvez você seja apenas preguiçoso e, como qualquer outra coisa, queremos o resultado sem realmente ter que fazer o trabalho pesado por isso.

O que me leva ao que realmente é a felicidade….

Felicidade é o processo de se tornar o seu ideal

  • Completar uma maratona nos deixa mais felizes do que comer um bolo de chocolate. 
  • Criar um filho nos deixa mais felizes do que vencer no videogame. 
  • Iniciar um pequeno negócio com amigos e lutar para ganhar dinheiro nos deixa mais felizes do que comprar um computador novo.

E o engraçado é que todas as três atividades acima são extremamente desagradáveis

No entanto, estes são alguns dos momentos mais significantes em nossas vidas. Eles envolvem dor, luta, até raiva e desespero, mas, uma vez que os fazemos, olhamos para trás e ficamos com os olhos cheios de lagrimas. Por quê?

Porque é esse tipo de atividade que ajuda as pessoas se sentirem preenchidas e satisfeitas. É a busca perpétua de realizar um objetivo que nos concede felicidade, independentemente de dor, prazeres superficiais ou emoções positivas e negativas. 

É por isso que algumas pessoas são felizes na guerra e outras são tristes nos casamentos. É por isso que alguns estão animados para trabalhar e outros odeiam festas. As características que eles cultivam não se alinham com o seu eu ideal.

E é por isso que tentar ser feliz inevitavelmente o deixará infeliz. Porque tentar ser feliz implica que você ainda não está alimentando o seu eu ideal, não está alinhado com as qualidades de quem deseja ser. 

Afinal, se você estivesse agindo como se fosse ideal, não sentiria a necessidade de tentar ser feliz.

Não é que a própria felicidade esteja em você, é que a felicidade acontece quando você decide buscar o que há de melhor em você .

Viva. Apenas viva. Pare de tentar ser feliz e apenas seja.